Corra, corra, mesmo sem querer,
Bata, anda, sua mão já vai tremer

Goze, goze, é uma alucinação
Passagem, de ida, pela contramão

Olha pra frente porra,
Senão talvez vc morra

Não tenho nada com isso,
Bata de novo, eu insisto

Olhe pelo buraco, tente não parecer,
Não deixe eu descobrir, senão vou te foder

Pense duas vezes antes de apresentar,
Porque vc naum sabe quanto tempo ira durar, não espere
a luz chegar

Ninguém sabe,
Como é o meu lazer,
Ninguém sabe,
Se alguém vai me foder
Ninguém sabe,
Quando volto do além,
Ninguém sabe,
Ao padre diga amém, diga amém, o perdão sempre convém

Volte a realidade, mesmo que não esteja nela,
Na sua viajem naum esqueça a cautela,

No estranho trem, você já esta a bordo
Não grite assim tão alto, senão eu acordo

Discordo