Eu ponho pra fora
A minha vontade de viver
Mais se caso hoje
Eu não me importar em respirar

E por fim naquele velho sol
Que ainda ah de nascer
Você pode chorar
(chorar e reclamar)


Mas chore com os seus olhos bem abertos
abra os seus olhos
Pra que você possa ao menos acreditar se ver
Que a vida continua
E ninguém que mais saber
Que a vida continua
E todo mundo quer esquecer

Os sinais que nunca
Conseguimos desvendar
Os sinais de transito
Transitam corpos pelo ar
E ate o sol queimou
As minhas chances de voltar
de voltar

Mas chore com os seus olhos bem abertos
abra os seus olhos
Pra que você possa ao menos acreditar se ver
Que a vida continua
E ninguém que mais saber
Que a vida continua
E todo mundo quer esquecer

Porque nada parou
Pecado é você imaginar
Que a vida não continuou
Por você não se amar