Foi tolice tentar fugir
Se eu sempre desejei
O que estava a me esperar
Meus olhos antes tão gelados
Aquecem-se ao encontro com os seus


Andando em sua direção
Deixo passos na areia
E peço perdão
Por erros não cometidos

Seu olhar (eu,Gritado)
Sempre tão infantil
Desculpa meus erros
Ofusca meus medos
Dentre toda essa sensação febril
Pra ti eu me entrego
Por inteiro

Andando em sua direção
Deixo passos na areia
E peço perdão
Por erros não cometidos

E vou ao alto
Pras nuvens tocar
E com as pontas dos meus dedos
Cobertas de algodão


E vou ao alto
Pra nuvens tocar
E te dar as seis chaves do céu